4-5-10apps-que-ajudam-no-dia-dia-do-diabetico
Share

Cada vez mais, surgem aplicativos para tudo que se possa imaginar. Que bom porque alguns podem, realmente, fazer a diferença na nossa vida!

Hoje podemos viajar sem falar o idioma porque um app nos ajuda com a comunicação. Graças à geolocalização dos smartphones, aplicativos nos guiam para qualquer lugar, seja de carro, de táxi ou de transporte público. Até cursos via app já estão disponíveis para quem quiser aprender algo novo.

Agora este texto não vai falar daquele aplicativo de joguinho ou de um outro que te ajude a encontrar um par interessante. A ideia é apresentar apps que facilitam a vida de quem lida com o Diabetes diariamente ou precisa simplesmente aprender a meditar para acalmar a mente e aliviar a ansiedade. Sim, isso existe!

Para começar, que tal acalmar a mente?

1. Calm
Este app pode te ajudar a meditar ou fazer atividades do dia com sons para relaxar como o barulho de água, de cachoeira ou do mar. Ele possui uma lista bem interessante de sons para “soneca”, para relaxar e dormir, meditar, além de, no conteúdo para assinantes, oferecer uma lista de aulas (as master classes) com assuntos variados: como romper hábitos ruins, performance para esporte intenso, etc.

A mensalidade é um pouco salgada, mas para quem está interessado em se aventurar pelo mundo do relaxamento longe de uma academia de yoga, vale o investimento!

2. Zen
Aplicativo parecido com o Calm, porém em português – o time de narradores conta até com a famosa voz de Cid Moreira. Oferece opções para sono profundo, reflexões para motivação, sucesso, superação, harmonia, até canções medicinais e áudios para estimular a mudança de hábitos.

Diabetes sempre em primeiro lugar (e controlado)

3. Glic
O Glic, antigo Gliconline é o melhor aplicativo para gerenciamento do Diabetes Tipo 1 que temos aqui no Brasil. Endocrinologistas e nutricionistas costumam indica-ló, já que através do Glic é possível realizar a contagem de carboidratos, insulinas, gerar gráficos e compartilhar pdf com seu médico.

4. MySugr
O MySugr é um aplicativo muito usado na Europa e nos Estados Unidos, bem parecido com o nosso Glic. Ele possui algumas funcionalidades extras, como Diabetes Coach, plano de assinaturas. Ainda disponibilizam o MySugr Academy, um pack de vídeos educativos para quem tem Diabetes Tipo 2, entre funcionalidades que procuram engajar os pacientes.

5. Glico2
O Glico 2 é um aplicativo para o gerenciamento do Diabetes Tipo 2, com funcionalidades como inclusão das glicemias pré e pós-prandial de todas as refeições (muito bom para o usuário aprender a monitorar a glicemia!), lembrete para compra dos medicamentos e alertas, cálculo de IMC, entre outros. Importante: tudo o que o app possui é super importante para quem tem Diabetes Tipo 2 manter a doença controlada.

E já que praticar esportes ajuda a melhorar nossa saúde…

6. LF Connect
O aplicativo permite que você configure todo seu perfil com dados como peso, altura, porcentagem de gordura, VO2 máximo (obtido por meio de exames específicos, como teste ergométrico) e deve ser conectado a qualquer aparelho da marca Life Fitness (esteiras, bicicletas, transports) pela leitura de um QR Code.

Feito isso, você escolhe a atividade que irá realizar e tudo fica salvo no aplicativo, como um histórico, o que é bem interessante quando você, por exemplo, quer evoluir nos treinos. Utilizo muito esse app na academia e me divirto com alguns resultados!

7. TF Sports
A marca esportiva Track & Field patrocina vários eventos em cidades diferentes e o aplicativo, também com seu cadastro prévio, permite que você localize tudo que acontece ao seu redor: aulas de funcional, yoga, corrida, ballet, etc. Você seleciona o evento que quer participar, paga pelo app, vai retirar seu kit e faz a aula. Não há mensalidade, o pagamento é por aula! Já usei o serviço e é sensacional. Falta agora criar coragem para me inscrever em um Run Series e quem sabe correr pelo menos 5K. Quem topa me acompanhar?

Minhas últimas descobertas (e que estou mesmo encantada)

8. Via Opta Nav
Imagine o assistente do Google, que tanto usamos, configurado para quem tem qualidade baixa de visão: esse é o Via Opta Nav. As imagens são ampliadas, bem fáceis de enxergar. Através do GPS do celular, o app localiza o usuário, busca endereço, salva favoritos e absolutamente tudo é narrado. Uma experiência que testei: da minha casa, procurar o mercado mais próximo. Ele me guiou até lá, com imagens grandes e sempre com comando de voz. Para quem tem baixa qualidade de visão, isso significa liberdade em pequenas coisas do dia, não acham?

9. Via Opta Sim
Da família do aplicativo acima, o Via Opta Sim permite ao usuário visualizar como ele está enxergando o mundo simulando a visão com: catarata, glaucoma, miopia, retinopatia diabética, entre outras doenças da visão. Ao abrir o app você pode ver a foto sugerida com as alterações, além de permitir girar a tela e focar o ambiente ao redor, visualizando com as potenciais alterações. O objetivo do Via Opta Sim é oferecer informação educacional principalmente para profissionais de saúde, mas também acredito que seja uma ferramenta muito ilustrativa para demonstrar o que é possível evitar com o bom controle do Diabetes. Não é mesmo?

Uma ajuda para nossa dieta ficar mais gostosa

10. Apptite
Esse aplicativo não é muito conhecido ainda, mas é, de longe, o meu delivery queridinho. Sabe por quê? Quem gosta de comer bem vai entender! O Apptite entrega na sua casa pratos feitos por chefs de cozinha, preparados com carinho, atenção e vendidos a preços muito acessíveis. Além disso, existem opções como Plant Based (sem carne), Comfort food (aquelas comidinhas que nos fazem lembrar da casa da vovó, sabe?), Low Carb, etc. É incrível, dou minha palavra!


Sou Aline Peach, tenho 42 anos e 40 anos de Diabetes Tipo 1. Quer conhecer um pouco mais do meu trabalho? Acesse o site Clube do Diabetes e me siga no Instagram no perfil @clubedodiabetes

Aline Peach / Clube do Diabetes

Share