aline-clube-do-diabetes
Share

Há alguns anos, durante um Congresso Médico, eu me preparava para sair e, como toda manhã, parei na frente do espelho para fazer a minha maquiagem. Quando fui passar o delineador no olho esquerdo, uma nuvem branca tomou conta da minha visão: o diabetes naquele momento, mandou a conta cara da falta de cuidado constante. Aos 32 anos de idade, no auge da carreira, eu precisei parar. Foram 3 cirurgias, muito tempo de recuperação e mudanças no estilo de vida às pressas para que pudesse ser preservada a visão do olho esquerdo, já que a visão do olho direito ficou prejudicada de uma forma permanente.

Naquele momento, depois de viver a vida como se não tivesse Diabetes, tudo mudou. Minha rotina, meus cuidados, minha consciência. O Clube do Diabetes nasceu, muitos amigos na mesma condição entraram na minha vida e muitas novidades passaram a preencher o meu dia a dia. Não pude engravidar, mas nem por isso a ideia de ser mãe e formar uma família foi descartada: por enquanto, sou mãe de um peludo de 4 patas.

Durante alguns anos, depois do susto, tive que repensar também minha carreira, e sempre colocar o cuidado com o diabetes em primeiro lugar. Hoje a correria dos eventos deu lugar ao Marketing Digital, ao conteúdo e às parcerias sempre relacionadas à saúde.

Algumas vezes me pego pensando como seria a minha vida caso eu tivesse feito tudo diferente: será que eu estaria com os dois olhos perfeitos? Será que eu seria uma diretora de multinacional? Aí, volto à minha realidade e vejo que sim, poderia ter me cuidado mais. Mas, apesar disso, a vida acabou me levando por um caminho diferente, e me trouxe de presente a aceitação, a possibilidade de ajudar aos outros que passam por coisas parecidas e muito além: me tornar quem eu sou.

Acima de tudo, sou grata, pois essa trajetória me trouxe até aqui. Mensalmente, falarei neste espaço com vocês sobre os cuidados com os olhos e o Diabetes, compartilharei dicas, novidades, informações importantes em uma parceria inédita entre o Clube do Diabetes e o Portal de Olho no Diabetes.

Você não precisa passar por todo esse caminho para se dar conta de que o autocuidado é a melhor escolha. Basta inseri-lo em sua rotina como faz com o trabalho, com o banho diário, com sua alimentação. E você nem precisa ter diabetes para fazer tudo isso.

Cuide-se, preste atenção aos sinais que o seu corpo te dá, peça ajuda quando não der conta do recado, pare quando for preciso. Certa vez, ouvi um médico dizer que uma pessoa com diabetes muitas vezes se cuida tanto que tem a saúde melhor que uma pessoa sem a condição. Então vamos fazer com que essa frase torne nossos dias mais felizes e saudáveis?

Sou Aline Peach, tenho 42 anos e 40 anos de Diabetes Tipo 1. Quer conhecer um pouco mais do meu trabalho? Acesse o site Clube do Diabetes e me siga no Instagram no perfil @clubedodiabetes

Aline Peach / Clube do Diabetes

Share